Emprestimos Particulares

Com o aumento de dificuldade de conseguir um empréstimo por parte dos bancos ou mesmo de entidades financeiras, os empréstimos particulares são algo que começou a ser feito com cada vez mais frequência.

O Que É um Empréstimo Particular

Como o nome já indica, é quando é feito um empréstimo entre particulares.

Na maioria dos casos estes empréstimos são feitos entre amigos ou familiares, mas não é obrigatório que assim o seja.

Em termos de condições, estes empréstimos são totalmente iguais aos que irá fazer com um banco.

Irá ser lhe cobrada uma taxa de juro que foi acordada (sendo ela a taxa de lucro para quem lhe empresta o dinheiro), e você vai ter que pagar á pessoa que lhe emprestou esse dinheiro.

É Preciso um Contrato?

A maior razão para estes contratos não serem feitos é a confiança e a falta de conhecimento.

Como você sabe que lhe vão pagar de volta?

Esta é a grande questão.

Para evitar discussões e simplificar em termos jurídicos caso não haja um cumprimento das condições acordadas, um contrato deve ser feito.

E esse contrato não vai só proteger quem está a emprestar o dinheiro, mas também quem o está a receber.

Deve ser posto no papel o que foi acordado entre as partes, assinado por ambos e aprovado num notário.

contrato-credito

Taxas de Juro

As taxas de juro praticadas por particulares têm limites também, para evitar que sejam cobradas taxas astronómicas.

É normal que sejam mais elevadas do que as praticadas pelo seu banco, mas aí está, têm de cumprir o limite.

Para saber o limite em vigor informe-se junto do notário na hora de preparar o contrato e o registo do mesmo.

Valores inferiores a 2500€ não são obrigados a um contrato, mas mesmo assim recomendamos que seja sempre feito.

Valores acima de 25000€ deve ser feita uma escritura publica, a qual será aprovada também no notário.

Prazos de Pagamento

Os prazos de pagamento não têm de ser obrigatoriamente especificados, mas recomenda-se que o seja.

Deve tentar cobrir todas as situações possíveis no contrato, para que ambos saibam todas as condições e assim serem responsabilizados caso não as cumpram (devedor e credor).

Créditos Peer-to-Peer

Este tipo de crédito é exatamente igual ao empréstimo particular descrito acima.

A única diferença é que este é mediado por uma instituição financeira, a qual serve como ponte entre a pessoa disposta a emprestar dinheiro e quem precisa de um dinheiro.

E isto claro que é cobrado…

Nesta situação você escusa de conhecer ou até saber a quem emprestou o dinheiro.

Várias empresas têm sido criadas adotando esse sistema de créditos, sendo alguns exemplos a Prosper ou a Zopa.

Caso tenha mais alguma dúvida não hesite em entrar em contato connosco que nós iremos tentar ajudá-lo o mais rapidamente possível.

Emprestimos Particulares
5 (100%) 2 votes
Post Relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *